102

Entre os mais famosos sonetos de Michelangelo é dedicado, como o antecedente (cf.), ao tema da noite. B. Varchi, literato e contemporâneo da época, declarou na oração fúnebre para Michelangelo: “Michelangelo foi criado no céu e enviado à terra não simplesmente como homem, mas como monstro diferente [altero mostro]  e novo milagre dos homens”.

4-5 Tu mozzi e tronchi… Quebras e rompes: interrompes o curso dos cansados pensamentos, envolvendo-os em tua úmida sombra e quietude (umid’ ombra e ogni quiet’ appalta, úmida sombra e quietude confundem).
6-7 dall’infima parte alla più alta/ in sogno spesso porti, ov’ire spero, E elevas a alma em sonho…da ínfima parte (do universo) à mais alta..(lá) onde eu também espero chegar.
9  O ombra del morir, (o noite) sombra do morrer…
si ferma.  se detém: se acalma.
11ultimo delli afflitti… Inverta-se: último e bom remédio dos aflitos
   O notte, o dolce tempo, benché nero,
con pace ogn’opra sempr’al fin assalta;
ben vede e ben intende chi t’esalta,
e chi t’onor’ ha l’intelletto intero.
   Tu mozzi e tronchi ogni stanco pensiero
che l’umid’ombra  e ogni quiet’appalta.
e dall’infima parte alla più alta
in sogno spesso porti, ov’ire spero.
  O ombra del morir, per cui si ferma
ogni miseria a l’alma, al cor nemica,
ultimo delli afflitti e buon rimedio;
   tu rendi sana nostra carn’inferma,
rasciughi i pianti e posi ogni fatica,
e furi a chi ben vive ogn’ira e tedio.

Ó noite, ó doce tempo, ‘inda que negro, / que paz em cada obra finalmente infunde. / bem vê e bem entende quem te exalta / e quem te louva tem o intelecto ¡ntegro. / Quebras e rompes todo frouxo pensar / que a úmida sombra e quietude  envolvem / e da ¡nfima parte à mais alta / em sonho al‡as amiúde onde também espero chegar. / ó sombra do morrer, por quem se detém / toda miséria inimiga da alma e do coração, / dos aflitos, último e bom remédio; / logras curar nossa carne enferma, / enxugas o pranto, alivias toda fadiga, / e tiras ira e tédio de quem vive bem.

Questa voce è stata pubblicata in Michelangelo. Contrassegna il permalink.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...